Quais são as tendências do mercado de energia no Brasil?


O setor elétrico está entre os principais indicadores do desenvolvimento do Brasil, e é um dos mais importantes e complexos mercados da economia do país.
Entre os consumidores que contém a maior demanda de energia, está o industrial, seguido pelo residencial e comercial.

Devido a sua importância, o setor elétrico precisa estar em constante avanço tecnológico. A seguir, apontaremos algumas das principais tendências que irão dar robustez e mais eficiência ao setor.

– Uso de sistemas fotovoltaicos: o Brasil é um país que recebe uma quantidade generosa de luz solar por ano, tendo uma média de 6 a 8 horas de insolação diária. Esse benefício solar é a razão do olhar atento para a energia solar se tornar uma das principais matrizes energéticas do país.

– Armazenamento de energia: com a chegada dos carros elétricos, as baterias vêm sendo aprimoradas, ganhando maior capacidade de armazenamento e durabilidade. Porém, a tecnologia utilizada para os carros elétricos está sendo aproveitada pelo setor elétrico, em especial na geração de energia renovável.
Exemplo desse uso das baterias é o sistema fotovoltaico off grid, que guarda em baterias a produção excedente.

– Créditos de energia: uma novidade que vem ganhando força no Brasil. Residências, comércio ou indústria que investe na sua própria produção de energia, como o sistema solar, poderão vender a sua demanda excedente para as concessionárias distribuidoras de energia elétrica. Essa venda é possível através do sistema solar on grid, que é conectado na rede de distribuição.

Como foi possível notar, as fontes renováveis de energia, principalmente o sistema fotovoltaico (solar), são os pilares das inovações no setor elétrico brasileiro. Atualmente, o Brasil tem cerca de 43,2% da produção de sua energia vinda das fontes renováveis.

Sem Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.