Eficiência energética: o que é e como alcançar?


O uso racional da energia elétrica é chamado de eficiência energética, que consiste na relação entre a quantidade de energia empregada em uma atividade e aquela disponibilizada para realização da tarefa.

Para melhor compreensão, pense em uma lâmpada LED de 7W, ela tem a mesma luminosidade de uma lâmpada incandescente de 60W, ou seja, em uma casa com lâmpadas LED 7W o consumo elétrico será menor, porém a luminosidade nos ambientes não será afetada.

Pensando em incentivar a criação de equipamentos mais eficientes, a Eletrobrás criou em 1985 o Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica (Procel). Produtos com os melhores índices de eficiência energética recebem o selo Procel, sinalizando ao consumidor que aquele aparelho consome menos energia, mas sem perder a sua eficiência.

Para alcançar a eficiência energética, principalmente nas indústrias, é necessário seguir três passos.

Medir
Apenas o que pode ser medido pode ser melhorado, e aqui não citamos só a energia, mas o gás, a água, ou qualquer outro insumo energético. Com os avanços tecnológicos, existem medidores que podem atender a uma infinidade de demandas, porém, frequentemente a medição de energia é associada a energia elétrica.
Na mensuração da eficiência energética deve-se listar qual o foco principal da medição, ou seja, observar o consumo por áreas específicas de uma planta industrial, detectar a razão para algum problema que esteja afetando a produção, por exemplo.
Outro ponto é verificar a infraestrutura existente para instalar o medidor e a necessidade e padrão de comunicação com o medidor, pois com a modernização constante dos aparelhos é recomendado utilizar padrões de comunicação universais e atuais.
Gerenciar o que foi medido
O gerenciamento dos dados coletados na mensuração é importante para o alcance da eficiência energética. Nessa fase está relacionado o ato de planejar, organizar, ler e priorizar informações com base no que foi coletado pelos medidores utilizados na mensuração.
Há várias formas de realizar o gerenciamento dos dados, através de anotações manuais, em papel, planilhas no computador ou em softwares desenvolvidos para este fim, onde a leitura dos medidores é automática e obtendo uma visualização centrada e dinâmica das informações.

Ações
Após coleta e análise dos dados de consumo de energia, é hora de traçar as ações, contudo as ações a serem adotadas não podem ser tomadas de forma indiscriminadas.
Existem diversos fatores que influenciam a priorização e até mesmo a viabilidade das ações: custo, impactos na produção e o tempo de execução.
Para chegar no objetivo da eficiência energética é necessário contratar uma empresa especializada para que não haja gastos desnecessários e que as implementações ocorram de forma célere para que não tenha prejuízos na planta.

Uma alternativa para as empresas é considerar migrar para o Mercado Livre de Energia, onde poderão negociar preços, prazo, volume e a forma de pagamento diretamente com os fornecedores. Através do Mercado Livre de Energia é possível alcançar a eficiência energética, pois a energia contratada é com base na demanda da empresa.

Sem Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.